Pequeno Guia Gastronômico de Paris

A culinária francesa é uma das mais tradicionais do mundo com pratos apreciados em torno do globo inteiro. 

No início, na Idade Média, eram servidos enormes banquetes para os nobres e para os reis em que todos os pratos eram apresentados de uma única vez com o intuito de esbanjar fartura. Não havia nada de requinte nesses eventos e visando atender as frescuras da monarquia francesa começou a ser solicitado aos cozinheiros que o preparo contasse apenas com ingredientes da melhor qualidade, que fossem servidos em pratos únicos e que contassem com uma certa ordem de apresentação ( entrada, prato principal e sobremesa).

Não deu outra, se tornou símbolo de sofisticação até os dias de hoje.

A França é berço gastronômico do croissant, do petit gatêau, crepe, dos coloridos macarons, do champagne e de outras infinidades de pratos e bebidas.

Viajar pela França é uma imersão cultural e gastronômica com ruas cheias de cafeterias com suas cadeiras apontadas para a rua ( de um jeito que eu nunca vi em mais lugar algum do mundo), rotisseries e patisseries em meio a restaurantes de luxo e carrinhos de comida. Uma ótima oportunidade de refinar o paladar, tentar novos sabores ou se essa não for a sua praia, de experimentar os efeitos da globalização frente a um país tão histórico. De fome ninguém passa, há restaurantes para todos os estilos, gostos e bolsos.

A minha viagem para Paris foi planejada com pouca antecedência e orçamento um tanto quanto limitado. Normalmente, comíamos um lanche rápido durante o dia para economizarmos tempo e dinheiro e para evitar a fadiga que uma comida mais pesada causaria. A noite saíamos batendo perna pela cidade em busca de algo que apetecesse sem nos preocupar.

Com tanto lugar bacana é até difícil fazer um Top 5, entretanto selecionei cinco lugares que merecem uma visita em sua próxima viagem á cidade luz.

pggp  LADURÉE

Com lojas espalhadas pelo mundo, a Ladurée é conhecida por suas sobremesas e responsável pela invenção do macaron de dois andares.

2016-06-24-05.06.56-1.jpg.jpeg

 Há diversos quiosques espalhados pelas galerias e até no Aeroporto Charles de Gaulle, porém nada se compara a experiência de se sentar e tomar um chá da tarde. A unidade da Champs Élysées é uma verdadeira raridade. 

O barroco domina o local e seus dois andares fazendo com que o local pareça uma daquelas casa de bonecas antigas.

A loja é dividida em duas partes com acessos independentes: o restaurante e a lojinha. O atendimento é um pouco demorado no restaurante e a lojinha sempre tem fila na porta porém o macaron é divino e o chocolate quente grossinho e delicioso fazendo valer o tempo gasto e o valor.

Uma dica? É um excelente souvenir, porém, ficar na fila é perda de tempo. Como supracitado acima há vários pontos de vendas inclusive no aeroporto onde não há fila alguma, mesmo preço e bastante opções.

Sem título Av. des Champs Élysées, 75

pggp PIZZA PINO

Bem próxima do Arco do Triunfo, a Pizza Pino é uma excelente opção para o jantar!

Localizado em uma esquina da Champs Élysée tem uma vista linda da avenida uma vez que é todo envidraçado. Há mesas internas e externas.

O cardápio é todo italiano contando com saladas, massas, risotos e pizzas brotinhos. A pizza é enorme e muito boa.

O atendimento também é ótimo fazendo você esquecer totalmente o estereótipo de que francês não trata estrangeiro bem.

2016-07-09-08.26.11-1.jpg.jpeg

O restaurante tem ótimo custo benefício esta pizza, por exemplo, custava cerca de 14 euros.

Sem título  Avenida des Champs Élysées, 31-33

pggp LE KAKOO BAR

Le Kakoo Bar é uma brasserie, uma espécie de padaria típica da França, localizada em frente a Sacre-Couer. Possui a parte interna onde também são servidos pizzas e bebidas, porém, o que recomendo mesmo é pegar um crepe ( dica: o de salmão defumado é bem gostoso) e ir se sentar nos jardins da catedral para comer. É simplesmente maravilhoso!!

2016-07-09-11.05.23-1.jpg.jpeg

Sem título Place du Tertre, 15

pggp L’ENTRECÔTE DE PARIS

Restaurante pequeno, com toalhas de mesa quadriculadas, pouca iluminação e muita música francesa de fundo.  O lugar tem sua fama e ganhou até sua versão em terras tupiniquins. 

2016-07-10-04.44.10-1.jpg.jpeg

A fórmula é a mesma da apresentada no Brasil tendo um único prato servido e que dá o nome ao restaurante.

O l’entrecôte ( a pronuncia correta é: lentrecóti) é um corte especial de carne acompanhada de batatas fritas e um molho a base de mostarda dijón e outros 20 ingredientes e um preparo de exatas 36 horas. É tão saboroso que tivemos que voltar para comer uma última vez antes de irmos embora!!

As batatas sequinhas e deliciosas  são refil e na minha opinião foi, simplesmente, a melhor batata frita que eu já comi em toda a minha vida.

Sem título Rue de Marignan, 29 ( uma travessa da Champs Élysées)

pggp KYOTO

Restaurante japonês pequenininho localizado no bairro Opera. Negócio familiar com toque tradicional por todos os cantos e um verdadeiro achado no coração parisiense.

O sushi é delicioso e os peixes muito fresquinhos por um preço em conta!

2016-07-10-05.04.14-1.jpg.jpeg

 Dica: Não deixe de tomar o missoshiro pois é realmente gostoso!

Sem título Rue des I’ilys, 9

Já foi a Paris? Tem alguma dica? Não deixe de me contar nos comentários!!

Até mais,

assinaturablog

6 comentários sobre “Pequeno Guia Gastronômico de Paris

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s